— Reforma de Saúde —


Tendo em vista que um dia devemos dar conta a Deus sobre o que fazemos com nossa vida, seja no tempo que gastamos de forma ociosa, com nossos dons usados de forma egoísta ou como cuidamos do corpo que Ele nos concedeu como empréstimo. Devemos buscar instruções em relação a tudo o que compõe essas questões.

Hoje vamos nos atentar em relação ao nosso corpo, mais precisamente na forma em que nos alimentamos, pois isso tem grande influência em nosso comportamento, na nossa saúde física, mental e espiritual.

O Que Comer, Como Comer, Quando Comer!

O que comer:

a bíblia possui uma vasta lista completa sobre o que nos é lícito comer, no entanto muitos que alegam ser conhecedor da bíblia ignoram tais textos, e alegam que não é o que comemos que contamina, e tiram o texto do contexto bíblico, bem sabemos que certos alimentos comuns à uma cultura não são comuns à outras, levando em vista seus hábitos e costumes sejam eles sadios ou não, porém Deus deixou alimentos saudáveis para todo homem, seja ele árabe ou sul-americano.

Deus quando criou a máquina humana designou o combustível apropriado para a manutenção do mesmo.

“Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente,... e toda árvore em que há fruto de árvore que dásemente, ser-vos-á para mantimento.”

Após a queda do homem, e sob a maldição do pecado, o homem passou a cultivar seu alimento e a erva do campo lhe foi permitido comer por parte de Deus.

“Cereais, frutas, nozes e verduras constituem o regime dietético escolhido por nosso Criador. Estes alimentos, preparados da maneira mais simples e natural possível, são os mais saudáveis e nutritivos.Proporcionam uma força, uma resistência e vigor intelectual, que não são promovidos por uma alimentação mais complexa e estimulante.”
A Ciência do Bom Viver, 295, 296 (1905).

Como Comer:

A grande controvérsia a respeito da forma correta de se alimentar, bem sabemos que o comer de forma errada pode nos causar danos irreversíveis a nossa saúde, seja na parte física, mental ou espiritual.

Há um grande equívoco em muitos que acreditam que, ao comer alimentos saudáveis podemos comer em demasia, seja o alimento saudável ou não, abarrotar nosso estômago com alimentos em excesso prejudicará todo o corpo.

Nos é aconselhado a usar alimentos simples em nossas refeições, depois de um repouso adequado quando nosso estômago está descansado não devemos abarrota-lo de comidas fortemente condimentadas, o alimento cru leva em média 1 hora para a digestão, enquanto os alimentos cozidos levam em torno de 3 horas, com um raciocínio lógico, logo reconhecemos que para preparar o estômago para um alimento mais pesado devemos começar pelo cru sendo ele mais leve, e mastigar bem a comida, e torna desnecessário assim mencionar o abandono de água antes ou depois das refeições, pois o mesmo torna desnecessário ou dificulta o mastigar.

Quando Comer

É comum e até mesmo tornado prática o comer em três e três horas, muitos nutricionistas recomendam tal prática, e isso é um abuso ao órgão mais importante de nossa digestão, sem dar-lhe tempo necessário para produção suficiente de suco gástrico, e descanso apropriado depois de um longo período de três horas de trabalho. Cinco horas eis o tempo mínimo necessário para o descanso para o sistema digestivo, o intervalo de cinco horas pelo menos, é o tempo que devemos anteceder cada refeição.

Tornou-se Hábito de nossa sociedade o tomar um café da manhã leve, poŕem é uma modo errado de lidar com nosso estômago, é justamente pela manhã onde nosso estômago está mais adequado a suportar uma alimentação mais substancial, do que as demais refeições.

“O estômago precisa de períodos regulares de trabalho e repouso; daí ser uma perniciosíssima violação das leis da saúde o comer irregularmente e entre as refeições. Com hábitos regulares e alimento apropriado, o estômago gradualmente se recuperará.” — Healthful Living, cap. 1, 55-57 (1865).



Autor: Fábio Soares
Por: Fábio Soares